Novembro Azul: por que é importante fazer parte?

Share

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O Novembro Azul é um movimento internacional que aborda a importância da prevenção do câncer de próstata. A doença é mais recorrente em homens acima de 40 anos. No entanto, a Campanha alerta para a recomendação de que todos os homens, independentemente da idade, realizem consultas anuais com um urologista. Isso impacta diretamente na longevidade e nas chances de cura de pacientes que recebem o diagnóstico positivo.

A atenção precisa ser redobrada para o câncer de próstata, porque os números são alarmantes. De acordo com dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), a estimativa é de que, ao final de 2021, mais de 65 mil homens sejam diagnosticados com o tumor. E mais, estima-se que desses, 15 mil sejam vítimas fatais. Só em 2020, 68.840 novos casos foram contabilizados pelo Instituto. Atualmente, o câncer de próstata é o 2º tumor mais frequente entre os homens, após os tumores de pele não-melanoma.

Para evitar que o câncer de próstata continue provocando a morte de milhares de brasileiros, é tão necessário incluir o exame detector na rotina. O diagnóstico precoce é fator fundamental para aumentar a efetividade do tratamento e elevar as chances de cura. Além de evitar possíveis efeitos colaterais de procedimentos cirúrgicos e radioterápicos.

Ainda hoje, existe um forte preconceito a respeito dessa doença e dos exames feitos para preveni-la. Dos portadores de câncer de próstata, 25% morrem devido a doença – número que poderia ser minimizado se todos os casos fossem detectados com antecedência. É um erro esperar algum sintoma aparecer para, então, buscar os cuidados com a saúde. Quando a doença está nesse estágio, em 95% dos casos, o tumor já está muito adiantado e a cura, mais distante.

Com o diagnóstico precoce, as chances de cura são de 90%. Com algumas práticas simples, como cuidar da alimentação, praticar atividade física, estar atento à saúde mental e, é claro, fazer exames periódicos, é possível potencializar a prevenção da doença.

Entenda o que é o câncer de próstata:

Segundo detalhamento do INCA, a próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino que contribui para produção e armazenamento do sêmen. Ela envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada.  O câncer localizado nessa região é o resultado de uma multiplicação desordenada das células da próstata. Quando há presença de tumor maligno, a glândula endurece. Na fase inicial, o câncer de próstata não tem sintomas.

Fatores de risco:

Hereditariedade, quando três ou mais parentes de primeiro grau são afetados; idade, atenção redobrada a partir dos 50 anos; alimentação, evidências apontam que uma dieta saudável ajuda a diminuir o risco; obesidade, tabagismo e consumo de álcool; raça, homens negros, pelo fator genético, têm mais casos deste tipo de câncer.

Exames necessários:

O principal deles é o toque retal. O exame é rápido e indica se a próstata apresenta algum tipo de alteração. Caso a alteração seja detectada, o médico pode solicitar outros exames para confirmar o diagnóstico, como o PSA (Antígeno Prostático Específico), o ultrassom transretal e a biópsia da glândula, que consiste na retirada de fragmentos da próstata para análise.

Mais para explorar

Sign up for our newsletter

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Saiba mais no nosso termos de uso política de privacidade