5 formas de lidar com o diagnóstico de câncer

Compartilhe

Para auxiliar pacientes e familiares na batalha contra o câncer e na busca por uma melhor qualidade de vida durante o tratamento, veja as 5 melhores formas de lidar com a doença e como colocá-las em prática:

  1. Procure um médico especialista

Após o diagnóstico de um câncer, o primeiro passo a ser dado é consultar um oncologista. Esta área agrega três diferentes profissionais: o médico oncologista, que realiza a clínica médica, responsável pela quimioterapia e avaliação geral do paciente; o cirurgião oncologista, que opera o câncer; e o oncologista radioterapeuta, que manipula as máquinas de raio-x para irradiar o tumor, na radioterapia. Cada tipo de câncer exige um protocolo específico e a habilidade de profissionais diferentes, por consequência. O médico responsável pelo caso fará esta avaliação e contatará os demais para integrarem a equipe.

  1. Busque conhecer a doença a fundo

Neste momento, todas as dúvidas são importantes, não há constrangimento em fazê-las ao médico. Por isso, durante a consulta, pergunte sobre as características do seu tipo de câncer, a evolução do caso e as possíveis medidas para o enfrentamento da doença. O diálogo com o especialista distensionará preocupações e possibilitará melhor compreensão sobre as opções de tratamento, proporcionando bem-estar físico e emocional. Além disso, também é importante buscar informações em sites confiáveis, de órgão nacionais e internacionais, hospitais e médicos renomados, por exemplo, isso ampliará ainda mais seu conhecimento e propriedade sobre o tema.

  1. Faça um diário com o seu dia a dia

Uma boa maneira de se manter organizado e dar mais assertividade ao tratamento é manter um diário ou registro do câncer, anotando os atendimentos, conversas com o médico, planos, medicações, procedimentos, sensações e estado clínico. Isso ajuda a tornar o caminho do tratamento muito mais claro e facilitado. O aplicativo Thummi foi desenvolvido exatamente para contribuir nesse sentido, com o diferencial de manter todos os registros de forma online e acessível. O app ainda dá acesso ao médico e aos técnicos para terem conhecimento sobre sua rotina, facilitando a tomada de decisão da equipe durante o tratamento.

  1. Garanta seus direitos

Conheça seus direitos como paciente em tratamento e exija que sejam cumpridos. Um dos pontos cruciais para a cura é a agilidade para o início do tratamento, e isso está previsto em lei. Após o diagnóstico pelo SUS, o Sistema tem até 60 dias para iniciar o seu tratamento. Ainda, é garantida a cirurgia para reconstrução mamária imediata depois de realizada a mastectomia; o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez diante da incapacidade para o trabalho; entre muitos outros benefícios. Em caso de dúvidas ou não cumprimento da lei, o paciente deve acionar a secretaria de saúde do seu município, ou a Ouvidoria Geral do SUS via formulário online ou pelo número 136.

  1. Mantenha sua saúde mental equilibrada

Para a plena evolução de quadro de câncer é imprescindível manter um equilíbrio entre cuidar da saúde física e atender a saúde mental, ou seja, dar atenção às suas emoções. O indicado é que o paciente recorra à ajuda especializada por meio dos serviços de psico-oncologia. Além disso, também é importante entender que o câncer é uma doença abrangente e atinge psicologicamente não só o paciente como a família e as pessoas próximas.

O paciente empoderado, com conhecimento sobre a sua realidade e que busca enfrentá-la, está sempre à frente e mais confiante, pois está atento aos sinais do seu corpo, cuidando melhor de si e mais próximo à vitória contra o câncer.

Mais para explorar

Câncer de Pulmão

Tudo sobre o câncer de pulmão

Em agosto iniciamos o mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de pulmão. Para isso, é importante entender mais sobre a doença, seus sintomas

Assine nossa newsletter

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Saiba mais no nosso termos de uso política de privacidade